Iogurte desnatado emagrece?


Quem não gosta de um bom iogurte desnatado ? Alguém discorda que existe forma melhor pra começar o dia ? NÃAAO! Pra quem está em busca do peso ideal e com uma delícia de alimentação. O iogurte desnatado caiu no gosto dos ex-gordinhos e atuais magrinhos , virou sensação entre muitas pessoas. Já pensou em diminuir o peso com o simples consumo do iogurte desnatado ? Saiba que sim, é possível ! Muitas pessoas pensam que o iogurte engorda. Mero engano, o iogurte não engorda sozinho. Reveja seu cardápio antes de colocar a culpa no iogurte desnatado.

Propriedades do iogurte desnatado :

O poder de secar as gordurinhas vem do cálcio, que no iogurte desnatado tem a vantagem de estar bio disponível – versão facilmente absorvida pelo organismo. E isso tem muito haver com perda de peso. Quanto mais cálcio, menor o risco do hormônio calcitriol estimular a entrada do mineral nos adipócitos, o que impede a queima de gordura dentro dessas células.

Diante da variedade de iogurtes nos supermercados, você sabe escolher a melhor opção de acordo com os seus objetivos? O iogurte pode ser encontrado em diferentes versões e são divididos em categorias, como naturais e desnatados, fazendo parte tanto da alimentação de pessoas que optam por uma nutrição equilibrada, quanto daquelas que estão de dieta. O iogurte natural contém proteínas, carboidratos, vitaminas e sais minerais.

O desnatado contém as mesmas propriedades nutritivas, porém com uma redução de gordura que lhe confere baixo valor calórico, sendo indicado para quem quer emagrecer e controlar o índice de colesterol. A melhor maneira de se livrar das células de gordura é bombear seu corpo com alimentos não refinados, carboidratos complexos , adicionar um pouco de proteína magra e óleos saudáveis ​, e misturar com a atividade física. É a receita perfeita para a perda de peso. Junto com outros alimentos saudáveis como legumes, frutas, grãos integrais, feijões, e proteínas de boa qualidade, adicione algumas porções de iogurte desnatado à sua dieta diária para manter os ossos ricos em cálcio .

iogurte desnatado

Curiosidades sobre o iogurte desnatado:

Nunca esse alimento fez tanto sucesso entre brasileiros e entre os estrangeiros. Hoje em média cada pessoa consome 6 quilos de iogurte por ano, o que é o dobro que há 12 anos. Outra boa notícia para as medidas da cintura é que você não precisa optar pelo iogurte integral. A versão com menos gordura e calorias (em média 76, quase a metade do que oferece o integral) tem mais cálcio (cerca de 300 miligramas no potinho de 170 gramas). Além disso, o iogurte ajuda a aumentar a saciedade, que melhora, assim, a vontade de comer. Ou seja, um iogurte natural com granola, por exemplo, no café da manhã, é muito mais saudável que um sanduíche.

Você pode usar o iogurte como lanche entre as principais refeições, mas lembre-se que é preciso manter alimentação balanceada e saudável para que o efeito seja positivo. O bom é que, quando misturado com fibras, ele faz o intestino funcionar melhor e também diminui o inchaço da barriga. Falando em diminuir medidas, o iogurte mais indicado para isso é o desnatado, e não o integral. Isso porque o iogurte natural sem gordura tem o dobro de cálcio que o outro iogurte. Mas atenção, para ter todos esses benefícios, é preciso comprar e consumir o iogurte sem nenhuma gordura! É também a que tem mais proteína. Por isso, se quer emagrecer sem perder músculo, não tenha dúvida: fique com o iogurte desnatado.  Essas pessoas com certeza sabem o quanto o alimento é benéfico e podem sentir os efeitos positivos. Existem inúmeras marcas e sabores de iogurte para satisfazer a todos os gostos, só não consome quem realmente não gosta ou é alérgico a lactose.

Benefícios do iogurte desnatado:

Artrite: Ratos com artrite, alimentados com iogurte que continha a bactéria  Lactobacillus bulgaricus, tinham apenas uma inflamação suave.

Doenças cardíacas: Um estudo feito com 33 voluntárias que consumiram iogurte convencional durante quatro semanas mostrou que o produto provocou aumento das taxas de HDL, o colesterol bom.

Câncer de cólon: Outro estudo com camundongos, nos quais foi induzido um carcinoma colorretal (células cancerígenas no intestino grosso), descobriu que, quando o iogurte era agregado à dieta, havia um aumento na atividade anticancerígena.

Bactérias do bem: De acordo com o Food and Drug Administration (FDA), órgão americano que controla medicamentos e alimentos, para que um derivado do leite seja denominado de iogurte, deve ser fermentado por bactérias específicas, cientificamente chamadas Streptococuccus thermophilus e Lactobacillus bulgaricus, que produzem um produto mais grosso e encorpado, e são os principais agentes no bom funcionamento do intestino.Camila Leonel, nutricionista da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), explica que o intestino humano é formado por bactérias boas e ruins. O iogurte contém uma cota de bactérias boas superior aos demais derivados do leite. É esse coeficiente elevado que estimula o funcionamento ideal do intestino.

Hálito fresco: Um estudo japonês descobriu que voluntários que consumiam 150 gramas diárias de iogurte sem açúcar e que continham as bactérias Streptococuccus thermophilus (as tais bactérias do bem) tiveram uma redução nas concentrações de uma bactéria que induz ao mau hálito, relata Grotto no livro.

Fonte de cálcio: Também vemos que assim como o leite, o iogurte é rico em cálcio, micronutrientes e proteínas, sendo um poderoso aliado no combate à osteoporose e à hipertensão. “Hoje temos trabalhos na medicina que mostram o valor do cálcio no controle da hipertensão. Dentro do contexto de uma alimentação saudável, balanceada, esse componente, presente no iogurte, pode ser um ponto de apoio no controle da pressão.”

Tolerância zero: Pesquisas revelam que o iogurte pode ser uma alternativa às pessoas que têm intolerância do leite. Embora seja um derivado do leite, o produto contém um nível bastante reduzido de lactose, açúcar que não é digerido pelo organismo dos intolerantes à lactose, e o responsável por provocar diarreias e outras complicações.

Aliado da dieta: Para controlar a fome e favorecer a manutenção da dieta, o iogurte desnatado é uma ótima opção de lanche da tarde, no intervalo entre as refeições, defende nutricionista. Ela afirma ainda que o frozen iogurte, sorvete feito tendo como base o alimento, é uma boa alternativa para quem deseja um refresco somado à pitada doce no cardápio do dia. A dica, porém, exige cautela. “É preciso cuidado com os complementos oferecidos nas sorveterias. De nada adianta investir no sorvete a base de iogurte se a escolha dos acompanhamentos for incorreta. Prefira frutas aos ingredientes mais calóricos.”

Prevenção no copinho: No livro “101 alimentos que podem salvar sua vida”, David Grotto não poupa elogios ao iogurte desnatado. O autor apresenta possíveis propriedades medicinais do alimento, com base em estudos feitos em laboratórios e testes de amostragem em humano, confira.

Probióticos e prebióticos: Atualmente no mercado, encontramos uma variedade de marcas e tipos de iogurtes que podem ser enriquecidos com probióticos e/ou prebióticos.Os probióticos, termo que define os microrganismos vivos administrados em quantidades adequadas, podem conferir benefícios à saúde do hospedeiro