Bula do remédio Gynergene


Gynergene

Bula do remédio Gynergene. Classe terapêutica dos Analgésicos. Princípios AtivosErgotamina.

Indicação

Para que serve?

Crises agudas de enxaqueca, cefaleia em salvas (cefaleia histaminica) e tipos relacionados de cefaleias vasculares.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Hipersensibilidade a ergotamina; distúrbios vasculares periféricos, angiopatias obliterantes, coronariopatias, hipertensão severa; insuficiência renal ou hepática; condições septicas; gravidez, lactação.

Posologia

Como usar?

0,125 a 0,5 mg de gynergene por via intramuscular ou subcutanea (0,25 a 1 ml). para garantir o termino rapido da crise, gynergene deve ser administrado tao logo aparecam os primeiros sintomas. posologia maxima semanal: 1 mg de tartarato de ergotamina (2 ml).

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Nausea e vomito. parestesia, dor e fraqueza nas extremidades ou vasoconstricao periferica podem aparecer em pacientes suscetiveis ou em tratamento continuo e prolongado, o que nao e recomendado. o uso excessivo da ergotamina durante anos pode causar alteracoes fibroticas, em particular, da pleura e do retroperitonio. superdosagem: sintomas: nausea, vomito; confusao; taquicardia, vertigem; entorpecimento, formigamento e dor nas extremidades devido a isquemia; depressao respiratoria; coma. tratamento: tratamento sintomatico. para o espasmo arterial, utilizar vasodilatadores, tais como, o nitroprussiato de sodio.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

A ergotamina não deve ser administrada diariamente e as doses recomendadas devem ser estritamente observadas. Se ocorrerem sintomas, tais como, formigamento dos dedos das mãos ou dos s, o medicamento deve ser imediatamente suspenso.

Composição

Cada ampola de 1 ml contém 0,5 mg de tartarato de ergotamina.

Apresentação

Embalagem com 5 ampolas de 1 ml.

Laboratório

Sandoz do Brasil Indústrias Farmacêutica Ltda.

SAC: 0800 4009192