Remédios caseiros para Alergia


Antes de conhecermos os remédios caseiros para alergia, vamos conhecer o que é alergia: é uma hipersensibilidade a determinada substância, natural ou química. O contato prolongado com a substância responsável pela alergia pode ocasionar dermatoses, eczema, edema e urticária. Alguns tipos de alergia podem estar relacionadas à asma, bronquite e rinite. Que podem ser tratados com remédios caseiros para alergia.

Sintomas da alergia e remédios caseiros para alergia

A alergia ás vezes manifesta-se na pele e na garganta, forma de irritação. É preciso identificar e eliminar a causa da alergia. Às vezes as reações alérgicas manisfestam-se através de sistemas muito fortes. Nestas emergências, tomar a cada hora 4 a 5 colheres das de água de azeitonas em conserva, até que possível o socorro médico. Na falta de água de azeitonas, use leite de vaca (1 copo a cada hora).

remédios caseiros para alergia

As alergias mais comuns são : alergias da pele (lesões dermatológicas com prurido intenso). Alergias nasais (conhecida comorinite alérgica). Alergias respiratórias (devido a alergenos e irritantes das vias aéreas, infecções, exercícios físicos inadequados, refluxo gastroesofágico, medicações e alimentos, causas emocionais). Alergias oculares, das quais a conjuntivite alérgica é a mais comum.

Quais os tipos mais incomuns de alergia ?

Existem também alergias mais incomuns e até mesmo bizarras, como a perfumes, ao sêmen, à agua, ao sol, à madeira, ao contato com o filho recém-nascido, etc.

Como pode-se manifestar a alergia ?

Por ser uma doença cada vez mais comum, a alergia  e pode se manifestar de várias formas, desde eczema a choque anafilático, passando pela rinite alérgica (por exemplo, febre no feno). Existem diversos alérgenos presentes no ar e o sistema imunológico pode reagir muito fortemente a estas substâncias, que são na sua maioria inofensivas. A alergia é uma reação excessiva do sistema imunológico contra uma substância que seria normalmente inofensiva (por exemplo o pólen)

O que é alergia alimentar ?

Nos casos de alergia alimentar, suspenda o uso determinados alimentos durante 10 dias e observe a reação do organismo, até que possa identificar o responsável pelo alergia. Alergia alimentar é uma reação anormal do organismo, provocada por um alimento ingerido. As alergias alimentares mais comuns são ao leite de vaca, ovos, amendoim, soja, peixes e frutos do mar, nozes.

Sintomas da alergia alimentar

Os sintomas decorrentes da ingestão de alimentos variam desde reações leves a ameaçadoras, que podem acometer vários sistemas do corpo, tais como:

  • Pele: provocando urticária, edema, coceira ou manchas avermelhadas.
  • Trato gastro intestinal: ocasionando náuseas, dor ou desconforto abdominal, vômito e diarréia.
  • Sistema respiratório: provocando coriza ou obstrução nasal, espirros, tosse, dor no peito e dificuldade em respirar.

O que é mais comum na alergia alimentar ?

Geralmente as reações de alergia alimentar ocorrem de alguns minutos a 1 ou 2 horas após o alimento ter sido ingerido. Porém o mais grave de todos esses problemas é denominado anafilaxia, que pode desencadear uma queda na pressão sanguínea e a perda da consciência, podendo ser fatal. Essa reação pode ocorrer poucos minutos após a ingestão de quantidades muito pequenas do alimento que causa a alergia.

Como podemos desenvolver alergia ?

Quando uma pessoa detentora de um sistema imunológico sensível se expõe a um alérgeno, ocorre uma série de acontecimentos:

  • O corpo começa a produzir anticorpos específicos (ver foto), chamados de imunoglobinas de tipo E (lgE), para combater os alérgenos (por diferentes mecanismos, como a neutralização).
  • Os anticorpos atados ao antígeno se fixam nas células conhecidas como mastócitos. Estas se encontram numerosas nas vias respiratórias assim como no trato gastro-intestinal, local onde os alérgenos tentam penetrar no corpo.
  • Isto produz a liberação das moléculas compreendidas nos mastócitos e que são responsáveis pela maioria dos sintomas da alergia (liberação da histamina), induzindo, por exemplo, um nariz tapado ou olhos avermelhados.
  • Se o alérgeno se encontrar no ar, a reação alérgica se desenvolverá nos olhos, no nariz ou nos pulmões. Se, do contrário, o alérgeno for ingerido, a reação alérgica ocorrerá na boca ou no trato gastrointestinal. Quando o alérgeno estiver em contato com a pele, isso produzirá reações dermatológicas (eczema, por exemplo).

Remédios caseiros para alergia

É recomendável ingerir água pura e fresca em abundância e usar alimentos alcalinizantes.

remédios caseiros para alergia

 

Alimentos alcalinizantes (remédios caseiros para alergia) para tratar alergia

  • Abacaxi
  • Abóbora
  • Alface
  • Cebola
  • Cenoura
  • Pepino
  • Laranja
  • Limão
  • Maçã
  • Melancia
  • Melão
  • Nabo
  • Pepino
  • Pera
  • Tomate
  • Uva
  • Sementes de abóbora
  • Feijão branco
  • Feijão de soja
  • Salsa
  • Coentros
  • Alho
  • Nabo
  • Couve
  • Germinados
  • Lentilha
  • Abacate

Hortaliças usadas como remédios caseiros para alergia

Agrião e alface- Suco combinado, diluído em água. Tomar 250 ml, 30 minutos antes do almoço.

Beterraba e rábano- Suco combinado, diluído em água. Tomar 250 ml pela manhã, em jejum.

Espinafre e brócolis- Cozinhá-los vapor e temperar com azeite de oliva, limão e sal (em pequena quantidade). Incluir no almoço 4 vezes por semana.

Frutas (desintoxicantes) usadas como remédios caseiros para alergia

Limão- Cura de limão.

Mamão- Refeição exclusivas 4 vezes por semana*

Melancia- Refeição exclusivas 4 vezes por semana*

Melão- Refeição exclusivas 4 vezes por semana*

*Seguindo as seguintes orientações.

Refeições exclusivas: Para alcançar satisfação por meio de refeições exclusivas, o tratamento deve ser mantido durante 15 dias.

Plantas usadas como remédios caseiros para alergia

Alecrim e camomila- Chá combinado (30 g para 1 litro de água). Tomar 3 xícaras ao dia.

Alfavaca e chapéu-de-couro- Chá com,binado (40 g para 1 litro de água). Tomar 3 xícaras ao dia.

Carqueja- Chá das folhas (30 g para 1 litro de água). Tomar 3 xícaras ao dia.

Tanchagem- Chá das folhas (60 g para 1 litro de água). Tomar 3 xícaras ao dia. Para combater alergia na pele lave 3 vezes ao dia a região afetada, com chá de tanchagem.

Outros tratamentos

Geoterapia- Compressa local de argila com cebola ralada ou repolho macerado, 2 vezes ao dia, com duração de 30 minutos.