Parada cardíaca – causas e sintomas


A parada cardíaca é caracterizada pelo momento em que cessam os batimentos cardíacos e a pessoa para de respirar. Com isso, a circulação sanguínea sofre uma parada e o indivíduo perde a consciência dentro de dez a quinze segundos. A parada cardíaca pode também ocorrer sozinha, sem parada respiratória e caracteriza-se diferente do infarto do miocárdio ou do ataque cardíaco, embora também possa ser causada por um cardíaco de ataque.

As doenças cardiovasculares são líderes em morte no mundo, sendo responsáveis por quase 30% das mortes no Brasil. A maioria dos casos de parada cardíaca é decorrente de fibrilação ventricular, um tipo de arritmia, na qual os ventrículos (câmaras inferiores do coração) não batem normalmente.

Parada cardíaca – causas e sintomas

Quando isso acontece, o coração não bombeia sangue ou bombeia muito pouco. Fibrilação ventricular é fatal se não for tratada dentre de alguns minutos. Várias causas podem levar à parada cardiorrespiratória, como hemorragias, acidentes, choque séptico, doenças cardíacas ou neurológicas, infecções respiratórias, drogas, choques elétricos, asfixia, afogamento, intoxicação por medicamentos e monóxido de carbono, sufocamento, etc.

Antes da pessoa apresentar uma parada cardíaca, ela pode sentir:

  • Dor forte no peito, abdômen e nas costas
  • Dor forte de cabeça
  • Falta de ar ou dificuldade em respirar
  • Enrolar a língua, apresentando dificuldade em falar
  • Dor ou formigamento no braço esquerdo
  • Fortes palpitações

​​Uma parada cardíaca pode ser suspeitada quando a vítima:

  • É encontrada desacordada
  • Não responde quando chamado
  • Não respira
  • Não tem pulso

As causas de parada cardíaca súbita podem ser doenças cardíacas, alguns remédios, ou o excesso de remédios para o coração, hipercalemia ou hipocalemia, arritmia cardíaca, alterações dos vasos sanguíneos, hipertonia vagal e procedimento cirúrgico.

Alterações na estrutura e tamanho normal do coração podem afetar o sistema elétrico. Exemplos dessas alterações incluem coração aumentado devido à pressão alta ou doença cardíaca avançada. Infecções no coração também podem causar alterações estruturais.

parada cardiaca

Parada cardíaca

Mais sobre a parada cardíaca

A doença das artérias coronárias parece ser uma das maiores causas de parada cardíaca em adultos. Porém, muitos desses adultos não apresentam sinais ou sintomas de doença das artérias coronárias até terem parada cardíaca. A doença das artérias coronárias ocorre quando material gorduroso chamado placa se acumula nas artérias coronárias, as quais suprem o músculo cardíaco com sangue rico em oxigênio. O tecido cicatrizado pode fazer com que os sinais elétricos se espalhem anormalmente pelo coração. Essas alterações elevam o risco de arritmias ventriculares perigosas.

Os primeiros socorros em caso de parada cardíaca são:

  • Chamar uma ambulância
  • Realizar a seguinte massagem cardíaca:
  1. Com a vítima deitada no chão de barriga para cima e com a cabeça inclina um pouquinho para trás, deve-se pressionar a região do centro do tórax entre os mamilos, com suas mãos sobrepostas e seus braços bem esticados;
  2. Pressione o coração com força e rapidamente, 30 vezes seguidas, e então jogue o ar de sua boca na boca da vítima.

A massagem cardíaca deve ser mantida até que a vítima recupere a consciência ou até que a ambulância chegue. Algumas vítimas de parada cardíaca podem ter sequelas como uma alteração neurológica, dificuldade na fala e alterações de memória, sendo essas sequelas mais comum nos idosos.