Diverticulite – causas e sintomas


A diverticulite é uma inflamação dos divertículos presentes no intestino grosso, que encontram-se, em sua maioria, no cólon sigmoide.

O problema é mais frequente em obesos, sendo grande parte dos casos de origem genética. Essa inflamação caracterizada principalmente por bolsas e quistos pequenos e salientes da parede interna do intestino (divertículos) que ficam inflamados ou infectados.

Diverticulite – causas e sintomas

A diverticulite é uma inflamação caracterizada principalmente por bolsas e quistos pequenos e salientes da parede interna do intestino que ficam inflamados ou infectados. Os divertículos, apesar de poderem ser formados em qualquer parte do trato digestivo, como o esôfago, o estômago e o intestino delgado, são mais comumente encontrados no intestino grosso.

A presença de divertículos no corpo é bastante comum, principalmente após os 40 anos de idade. A presença de divertículos no trato digestivo é chamada de diverticulose. Eles são inofensivos, a não ser que desencadeiem algum problema de saúde, como é o caso da diverticulite. Do contrário, uma pessoa pode apresentar diverticulose e nunca saber disso.

Não se sabe exatamente o que causa a formação dessas bolsas ou quistos na diverticulose. Sabe-se, porém, que seguir uma dieta pobre em fibras é uma das causas mais prováveis. Como resultado disso, ocorre a constipação e a presença de fezes muito dura, que demandam esforço além do normal para passar pelo reto.

Esse movimento aumenta a pressão no cólon ou nos intestinos e pode causar a formação desses quistos. Assim, pequenos pedaços de fezes ficam presas nesses quistos, provocando infecção ou inflamação.

Alguns fatores podem contribuir para o desenvolvimento da diverticulite: a idade, pessoas acima dos 40 anos estão mais propensas a apresentar o problema do que as mais jovens; ter uma dieta pobre em fibras, alimentos muito processados, excesso de carboidratos e pouca fibras podem desencadear o problema; sedentarismo; obesidade e tabagismo. A diverticulite é muitas vezes chamada de “apendicite do lado esquerdo”. Os sintomas podem ser muito parecidos, uma vez que o processo patológico é semelhante.

diverticulite causas e sintomas

Diverticulite

Os sintomas de diverticulite podem manifestar-se como

  • Dor abdominal, geralmente na parte inferior do lado esquerdo, que pode durar vários dias e que pode ser confundida com apendicite;
  • Náuseas;
  • Vômitos;
  • Febre, normalmente inferior a 39ºC;
  • Falta de apetite;
  • Aumento da sensibilidade no abdômen, principalmente no lado esquerdo;
  • Prisão de ventre ou diarreia.
  • Inchaço ou gases
  • Febre e calafrios

Uma complicação mais rara é a formação de fístulas, que é o aparecimento de uma comunicação entre dois órgãos. Assim, caso a diverticulite ocorra em uma área do intestino próxima da bexiga, a inflamação pode fazer com que essas duas áreas se grudem e criem um orifício entre elas, fazendo com que urina entre em contato com o intestino e fezes com a bexiga. O diagnóstico da diverticulite começa pela observação dos sintomas e continua por alguns exames laboratoriais e de imagens.

Algumas diverticulites leves curam-se espontaneamente ou nem chegam a serem percebidas, outras podem complicar-se de maneira grave e até fatal e há algumas que não tem cura. Os casos mais simples podem ser tratados de forma clínica, através de medicação e de uma reeducação alimentar que envolva repouso intestinal, uma dieta líquida, seguida de uma pastosa e rica em fibras e por fim antibióticos orais.

Os pacientes com complicações físicas são hospitalizados, e os casos mais graves podem exigir cirurgia. Uma complicação frequente da diverticulite é a hemorragia intestinal provocada pelo sangramento de um divertículo. A diverticulite pode complicar também com sangramentos e perfuração intestinais, formação de abscessos, fístulas, infecções do trato urinário e peritonite.