Bula do remédio Salder S


Salder S

Bula do remédio Salder S. Classe terapêutica dos Antisseborreicos. Princípios Ativos Ácido Salicílico e Enxofre.

Indicação

Para que serve?

SALDER S – Sabonete Medicinal é indicado para o tratamento da pitiríase versicolor, causada pela Malassezia furfur.

Por sua atividade fungicida, anti-seborréica e queratolítica, constitui terapia adjuvante e eficaz no tratamento da acne vulgaris e seborréia.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Hipersensibilidade a qualquer um dos seus componentes.

Posologia

Como usar?

Aplicar em substituição ao sabonete comum, na face, couro cabeludo ou áreas afetadas usando água tépida e massageando sua espuma com a ponta dos dedos por alguns minutos. Enxaguar bem. Repetir a aplicação 2 a 3 vezes ao dia, ou de acordo com a orientação médica.

“SIGA CORRETAMENTE O MODO DE USAR. NÃO DESAPARECENDO OS SINTOMAS, PROCURE ORIENTAÇÃO MÉDICA.”

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Devido ao ácido salicílico, podem ocorrer dermatite, prurido e erupções cutâneas, em pessoas sensíveis e por uso prolongado. Esses sintomas desaparecerão com a suspensão do tratamento.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Evite contato com os olhos e mucosas. Enxagüe com bastante água.

Composição

Cada 100 g contém:
Ácido salicílico….3 g
Enxofre precipitado….10 g
Excipientes q.s.p. ….100 g
( povidona k-30, essência, trietanolamina, edetato tetrassódico e massa base)

Apresentação

Sabonete medicinal – cartucho contendo uma unidade de 80 g.

Introdução

Salder â S
Ácido salicílico
Enxofre

Informações ao Paciente

·· Ação esperada do medicamento: SALDER S está indicado no tratamento da pitiríase versicolor, micoses superficiais da pele e seborréia, sendo ainda auxiliar no tratamento da acne.

· Cuidados de armazenamento: O produto deve ser conservado em temperatura ambiente e ao abrigo da luz.

· Prazo de validade: Não use o medicamento se o seu prazo de validade estiver vencido, o que pode ser verificado na embalagem externa do produto.

· Reações adversas: Embora em concentração adequada, o ácido salicílico, componente da fórmula de SALDER S, pode causar em pessoas sensíveis por uso prolongado, erupção cutânea, dermatite ou prurido. Esses inconvenientes, se ocorrerem, desaparecerão com a suspensão do tratamento.

“TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.”
“NÃO USE REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE.”

Informações Técnicas

A epiderme consiste de camada de epitélio pavimentoso estratificado, ligadas entre si mediante desmossomas e tonofibrilas, compostas em grande parte de queratina.

A camada superficial, o epitélio cornificado, compõe-se de células pavimentosas colabadas, constituindo uma densa rede feita de queratina e lipoproteínas.

Certos fungos, particularmente dermatófitos necessitam da queratina para seu desenvolvimento, residindo por isso, no estrato córneo em tais lugares que oferecem alto grau de hidratação e alto pH.

Um método eficiente para suprimir as micoses é a remoção do estrato córneo, processo denominado “descamação”, obtido através de dissolução da queratina pelas assim chamadas substâncias “queratolíticas”. Tanto o ácido salicílico quanto o enxofre são substâncias de reconhecida capacidade queratolítica. Além disso, ambas as substâncias exercem função antimicótica e bacteriostática, razão pela qual são amplamente usadas no tratamento tópico de várias afecções cutâneas, particularmente de pitiríase versicolor, acne, seborréia e dermatite seborréica, sendo nestas duas últimas de alta importância a sua ação removedora de acúmulo de lípides na superfície cutânea.

Assim sendo, recomenda-se no combate de afecções mencionadas, o uso do ácido salicílico e do enxofre elementar (precipitado ou sublimado) e, particularmente de combinação destas duas substâncias. O ácido salicílico provoca descamação através da solubilização do cemento intercelular que liga as escamas à camada córnea, tendo função ceratolítica em várias doenças cutâneas associadas com hiperceratose (por exemplo: ictiose, dermatite seborréica, psoríase, dermatite eczematosa crônica, hiperceratose das palmas e solas, ceratose pilaris, verrugas, ceratose actínica, etc.).

A dermatite seborréica é uma erupção inflamatória, eritematosa e descamativa que ocorre basicamente nas áreas que tem um grande número e alta atividade de glândulas sebáceas, como o couro cabeludo, face e tronco, o enxofre deve ser convertido a ácido pentatiônico (H 2S 2O 6) para exercer ação germicida. Supõe-se que certos microorganismos ou as células epidérmicas efetuem a oxidação do enxofre a ácido pentatiônico quando o elemento é aplicado sobre a pele. Tem ação queratolítica sobre doenças cutâneas, não associadas à infecções.

Laboratório

Medley

– SAC: 0800 7298000.