Bula do remédio Octelmin


Octelmin

Bula do remédio Octelmin. Classe terapêutica dos Antihelminticos. Princípios AtivosTiabendazol e Mebendazol.

Indicação

Para que serve?

Tratamento das infestações por: Áscaris, Strongyloides, Oxiúros, Tricocéfalo, Necátor, Ancilóstomo, Tênias e verminoses mistas.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Octelmin Comprimidos e Suspensão está contra indicado nos três primeiros meses de gravidez.

OCTELMIN Comprimidos e Suspensão está contra-indicado em pacientes com hipersensibilidade a qualquer componente de sua fórmula.

Posologia

Como usar?

Idade Doses Frequência Durante
Até 5 anos ½ colher de 5 ml 2 x por dia 3 dias
De 6 a 10 anos 1 colher de 5 ml ou 1 comprimido 2 x por dia 3 dias
De 11 a 15 anos 1 comprimido 2 x por dia 3 dias
Acima de 15 anos e adultos 2 comprimidos 2 x por dia 3 dias

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Ainda não são conhecidas a intensidade e a freqüência das reações adversas.

Apresentação

USO ADULTO E PEDIÁTRICO
Cada comprimido contêm 100 mg de mebendazol e 166 mg de tiabendazol.

Componentes inativos: povidona K 29/32, sacarina sódica, glicolato sódico de amido, aroma natural de laranja, cellactose, celulose microcristalina, estearato de magnésio, corante FDC amarelo n° 6.

Cartucho com 12 comprimidos.

Cada colher das de chá (5ml) contêm 100mg de mebendazol e 166mg de tiabendazol.

Componentes inativos: açúcar, metilparabeno, propilparabeno, goma adragante, sorbitol 70%, corante amarelo crepúsculo FDC n° 6, essência tutti-frutti, ácido sórbico, hidroxietilcelulose, citrato de sódio, polissorbato 20, silicone FG-10, álcool USP, água purificada.

Frasco com 30 ml.

Introdução

OCTELMIN*
MEBENDAZOL E TIABENDAZOL
Comprimidos e Suspensão

Informações Técnicas

OCTELMIN, associação anti-helmíntica atualizada de mebendazol e tiabendazol, é dotado de potente ação contra os nematódeos e cestódeos. A freqüência com que esses helmintos aparecem associados nas parasitoses intestinais justifica o emprego de OCTELMIN, principalmente quando são difíceis ou impossíveis os exames parasitológicos de fezes, como, por exemplo, no tratamento em massa. As duas substâncias componentes de OCTELMIN atuam como um só agente anti- helmíntico polivalente, atóxico e perfeitamente tolerado, possibilitando, ainda, um esquema posológico simples e cômodo.

A presença do tiabendazol na fórmula de OCTELMIN tem por finalidade principal, além do reforço à ação do mebendazol, o controle específico de Strongyloides stercoralis.

Informação ao Paciente

OCTELMIN é um medicamento utilizado para o tratamento das parasitoses intestinais.

OCTELMIN deve ser conservado em temperatura entre 2° C e 30° C, protegido da luz.

O prazo de validade é de 36 meses e encontra-se gravado em sua embalagem externa. Em caso de vencimento, inutilize o produto.

Informe ao seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após seu término. Informar ao médico se está amamentando.

Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

Octelmin não deve ser utilizado na gravidez durante os três primeiros meses de gestação.

Octelmin está contra indicado em pacientes com hipersensibilidade a qualquer componente de sua fórmula.

Informar ao médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou durante o tratamento.

NÃO TOME RÉMEDIO SEM O CONHECIMENTO DE SEU MÉDICO, PODE SER PERIGOSO PARA A SAÚDE.

Observação

Os comprimidos podem ser usados durante ou depois das refeições, mastigados ou deglutidos com água.

Normas de Higiene

Além do tratamento com OCTELMIN, recomendam-se as seguintes medidas higiênicas:
1. Usar e manter limpas as instalações sanitárias.

2. Ferver regularmente roupas íntimas, de cama e toalhas.

3. Lavar as mãos antes das refeições e ferver as chupetas e os bicos das mamadeiras antes de usar.

4. Lavar com água fervida, ou filtrada, frutas, verduras e legumes antes de comê-los.

5. Beber somente água filtrada ou fervida.

6. Evitar a ingestão de carne crua ou mal cozida.

7. Manter as unhas cortadas rentes, escovando-as freqüentemente.

8. Conservar alimentos e depósitos de água sempre cobertos.

9.Tratar todas as pessoas que estejam em contato com o portador da verminose.

Siga corretamente o modo de usar; não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.

Laboratório

Ind. Quím. e Farm. Schering-Plough S.A.