Bula do remédio Ebrantil


Ebrantil

Bula do remédio Ebrantil.

Indicação

Para que serve?

Hipertensão arterial.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Hipersensibilidade ao componente da fórmula. Embora os respectivos estudos em animais não tenham demonstrado efeitos embriotóxicos ou teratogênicos, Ebrantil não deve ser administrado durante a gravidez e a lactação.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Ocasionalmente podem ocorrer tontura e náusea.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

O preparado, mesmo sob uso adequado, pode afetar a capacidade de reação de tal maneira que limita a habilidade de participação ativa no trânsito ou do manuseio de máquinas, particularmente após ingestão de bebidas alcoólicas, no início do tratamento ou ao mudar-se de preparado. – Interações medicamentosas: a administração concomitante de outros preparados anti-hipertensivos, bem como de bebidas alcoólicas, pode aumentar a ação hipotensora do Ebrantil. O mesmo ocorre na falta de volume (diarréia, vômitos). Não foram observadas interações medicamentosas, com drogas de outra espécie (narcóticos, sedativos, cardiotônicos, anticoagulantes, diuréticos, antidiabéticos, anti-hiperlipemiantes, etc.). Por não existirem ainda experiências com a terapia concomitante com inibidores da ECA, a mesma não é recomendada. Na administração concomitante de cimetidina, deve-se esperar uma elevação do nível sérico máximo de urapidil em 15%.

Composição

Cada cápsula de 30 e 60 mg de liberaçãocronogramada contém respectivamente: urapidil 30 mg e 60 mg, excipiente q.s.p. 1 cápsula.

Laboratório

BYK Quím. e Farm. Ltda.