Benefícios do Chá de Alfafa


A alfafa, também conhecida popularmente como luzerna, é uma erva medicinal que contém um sabor bastante agradável e uma variedade de proteínas. Além de ajudar a reduzir o colesterol, o chá de alfafa é indicado para as pessoas que tem osteoporose, já que é rico em cálcio e outras inúmeras vitaminas. Suas características medicinais se encontram nas folhas, flores e especialmente nos brotos de alfafa. A erva é excessivamente nutritiva, traz benefícios para a glândula pituitária (hipófise), alcaliniza o corpo e desintoxica o fígado. Externamente é usada em feridas. É utilizada como uma erva de banho e enxaguante para cabelo. Veja a seguir os benefícios do chá de alfafa!

Benefícios do Chá de Alfafa

Devemos lembrar que os estudos ainda não afirmaram a eficácia total do uso da alfafa para esses benefícios que são apontados como adequados pela adição da alfafa à alimentação. Confirma-se que o chá de alfafa emagrece mesmo, mas ele pode ainda colabora com vários benefícios à sua saúde, que poderemos conhecer abaixo:

  • A alfafa pode introduzir positivamente para a diminuição da absorção de colesterol no intestino.
  • A erva pode reduzir os níveis de colesterol.
  • Ela é apontada para ser usada em tratamentos para próstata, asma, artrite reumatoide, diabetes, dores de estomago e ainda pode aliviar o impacto de uma doença hemorrágica chamada púrpura trombocitopênica.
  • O chá de alfafa inclusive pode colaborar para a saúde dos rins e da bexiga.
  • Os brotos de alfafa possuem enzimas com poderosa ação desintoxicante.
  • A vitamina K contida na alfafa pode colaborar para a melhor coagulação do sangue.
  • O chá de alfafa pode ajudar no tratamento de anemias, úlceras nervosas, doenças da circulação sanguínea e má digestão.

Como fazer o chá de alfafa

Para fazer o chá de alfafa, pode-se utilizar sempre as folhas secas ou as raízes, secadas na sombra, para que não murche e perca as propriedades terapêuticas.

Para fazer , vai ser necessário de:

– 2 colheres das de sopa de erva – folhas e raízes.

– 1 litro de água

Em uma panela, adicione a água e leve ao fogo. Quando começar a ferver, acrescente as folhas e raízes da alfafa e deixe por mais alguns minutos, e então desligue. Tampe e deixe a mistura descansar por mais ou menos 10 minutos. Logo em seguida, coe e beba um copo de chá de alfafa durante quatro dias na semana, sempre inserindo e repetindo a dose outras vezes.
benefícios do chá de alfafa

Benefícios do Chá de Alfafa Para Perder Barriga

Os benefícios desse chá são inúmeros, pois ele efetivamente diminui o inchaço na barriga e deixa a mesma lisinha e com excelente definição. Ele é rico em vitaminas e o mesmo é antioxidante, e por causa disso, auxilia a manter bem estar apesar de estimular o metabolismo e favorece melhorias ao intestino, o fazendo ser regulado diariamente. Esse chá é diurético e auxilia a eliminar as toxinas existentes, além de preservar a boa forma de um corpo belo e esbelto. Ele ajuda a hidratar o corpo e, com isso, ela faz as pessoas perderem peso em poucos dias.

Com esse chá todos podem ter mais saciedade, e isso auxilia a combater a compulsão por doces e evita que as pessoas possam ingerir alimentos que sejam gordurosos.

Efeitos colaterais do chá de alfafa

Não é indicado a ingestão de chá de alfafa a longo prazo. O consumo contínua pode resultar em consequências à sua saúde, como gerar reações bem semelhantes às da doença autoimune conhecida como lúpus-eritematoso.

Pode-se dizer que o chá de alfafa emagrece sim, mas ela poderá aumentar a sensibilidade da pele ao sol, especialmente se você conter pele clara, contribuir para aumentar a intensidade das reações de doenças autoimunes, como a esclerose múltipla, a artrite reumatoide, o lúpus e outras mais.

Contraindicações do chá de alfafa

O uso exagerado e continuo de chá de alfafa é contraindicado para grávidas e mulheres em fase de amamentação. Confirma-se que consequências podem acontecer devido ao comportamento da alfafa como estrogênio. O consumo de alfafa deve ser evitado por pessoas que contêm doenças autoimunes, pois poderá acontecer a intensificação dos sintomas. Há relatos de agravamento das condições, então se você contém doenças autoimunes, não consuma o chá de alfafa.

Se você contém doenças relativas a sensibilidades de hormônios, como câncer de mama, câncer de ovários, câncer de útero, endometriose ou miomas, a alfafa pode assumir reação de estrogênio, dessa forma agindo negativamente para a sua saúde. A alfafa pode aliviar os níveis de açúcar na corrente sanguínea, então se você sofre com causas hipoglicemias, deve evitar tomar de chá de alfafa.

Em casos de transplantes renais, não beba o chá de alfafa, pois estudos comprovam que a erva pode colaborar para a eficiência do sistema imunológico, assim elevando a probabilidade de uma rejeição.

Se você consumir pílulas anticoncepcionais, não o consuma, pois as pílulas possuem estrogênio. A alfafa pode diminuir a eficácia delas, então é aconselhável que você procure outras possibilidades para técnicas contraceptivos.