Aftas – Causas e Sintomas


• O que são?

As aftas nada mais são do que feridas abertas e dolorosas que surgem na região da boca, principalmente nas paredes internas e na língua. Elas podem ser brancas ou amarelas e contam com arredores avermelhados.

• Principais causas das Aftas

As aftas são as mais frequentes formas de úlcera na região bocal e surgem especialmente em indivíduos que, por alguma razão, estão com a imunidade baixa. O uso de determinados remédios ou enfermidades específicas também podem causar a doença, sendo algumas delas:

– Aids/HIV: A presença do vírus HIV no organismo (que pode levar à AIDS) ataca as defesas do sistema imunológico. Neste sentido, pessoas que têm o vírus estão mais propícias ao surgimento de aftas.

Diabetes: A doença crônica, quando mal controlada ou tratada, também pode gerar as aftas. O motivo é outro: a falta do tratamento faz com que a saliva do indivíduo esteja sempre com alta concentração de açúcar, favorecendo o surgimento e o crescimento do fungo que gera as aftas.

– Câncer: O paciente cancerígeno também tem a sua imunidade diminuída quando é diagnosticado com a doença – principalmente por conta da exposição aos fortes tratamentos de radio e quimioterapia.

– Infecções vaginais: Tais infecções são causadas pelo mesmo fungo responsável pelo surgimento da afta. Por mais que não sejam assim tão perigosas, tais infecções devem ser tratadas no caso de mulheres grávidas, uma vez que a doença pode acabar passando da mãe para o filho.

aftas

Além disso, outros fatores que podem elevar o desencadeamento de aftas são ciclos hormonais desregulados (como durante a menstruação), deficiência de ácido fólico, vitamina B12 e ferro no organismo, estresse emocional e alergia a determinados alimentos.

• Sintomas das aftas

Logo que a afta se desenvolve na boca o paciente mal consegue sentir a sua presença. Os sintomas logo aparecem, podem ser mais ou menos agressivos (o que depende de cada indivíduo) e podem persistir por pouco ou muito tempo.

Os mais comuns entre eles são:

– Surgimento de feridas abertas e pequenas dentro da boca – sendo elas amareladas ou brancas. Geralmente aparecem nas paredes da boca e língua;
– Dor na ferida;
– Ressecamento da lateral da boca;
– Vermelhidão;
– Leve sangramento (caso ocorra lesão na ferida);
– Leve perda do paladar.

Em casos mais raros outros sintomas são: indisposição, febre e aparecimento de linfonodos na região do pescoço.

• Tratamentos para a afta

As aftas aparecem e vão embora sozinhas – motivo pelo qual na maioria dos casos o tratamento não é preciso.

Para quem se sentir muito incomodado com a presença das aftas há a possibilidade de passar um remédio caseiro, que, além de aliviar a dor, ajuda a fazer com que ela vá embora o quanto antes. Para prepará-lo, faça uma solução com 50% de água e 50% de água oxigenada e aplique com um algodão ou cotonete na região.

O tratamento da afta tem como principal objetivo (quando ele é solicitado) impedir que o causador da mesma se espalhe pelo resto do corpo – o que varia com base nas condições de saúde de cada um, idade e até mesmo causas da pequena infecção.